fbpx

Creatinina: descubra sobre a saúde dos seus rins com esse exame simples

Primeiramente, a doença renal crônica, assim como várias outras, começa de forma silenciosa e acaba sendo negligenciada. Mas um simples exame de dosagem de creatinina é capaz de verificar se está tudo bem.

Em 2023, o Dia Mundial do Rim, coordenado pela Sociedade Brasileira de Nefrologia, trouxe como tema: Saúde dos Rins (& exame de creatinina) para todos.

O objetivo da ação, que acontece anualmente, é disseminar informações sobre as doenças renais, alertando para a prevenção, diagnóstico precoce e tratamento adequado.

A importância de manter a rotina de exame de creatinina

É considerada doença renal crônica a lesão nos rins que persiste por três ou mais meses, sendo progressiva e até irreversível, afetando a função renal.

Muitas vezes o quadro acaba se agravando porque, sem ter qualquer sintoma, a pessoa não sabe do comprometimento dos órgãos, por isso é necessário ter uma rotina de exame de creatinina.

Dessa forma, quanto mais tempo demorar para ser diagnosticada, maior comprometimento pode causar aos rins. Em estágios avançados, é comum que o recurso seja entrar numa rotina de diálise, ou ter indicação para um transplante renal.

Ademais, a dosagem da creatinina é um exame de sangue simples, que pode ser feito pelo Sistema Único de Saúde, sem qualquer custo. Também é coberto por planos de saúde e, se for feito particular, o custo é relativamente baixo.

Por isso, durante seus exames de rotina, inclua a creatinina. Fale com o seu médico e esclareça suas dúvidas.

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia, atualmente são mais de 140 mil pessoas em rotina de diálise.

Além disso, há uma estimativa de que doença renal crônica seja a 5ª causa de morte no mundo, até 2040, sendo reconhecida como um problema global de saúde pública.

Entre as funções vitais realizadas pelos rins, estão:

  • Regular a pressão arterial;
  • Fazer a filtragem do sangue;
  • Eliminar as toxinas do organismo;
  • Controlar a quantidade de sal e água presentes no organismo, fazendo sua regulação; e
  • Produzir hormônios que evitam a anemia e as doenças ósseas.

Qual a relação da creatinina com a saúde renal?

Quando os rins têm sua função afetada, os níveis de creatinina presentes no sangue sobem, mostrando que é preciso atenção. Se a creatinina está baixa, o rim está funcionando dentro do esperado.

Além da rotina de exames preventivos, outras indicações que ajudam a manter a saúde do rim em dia são:

  • Prática constante de exercícios físicos;
  • Controle das taxas de colesterol e glicemia;
  • Evitar o excesso de peso;
  • Controlar a pressão arterial;
  • Usar medicamentos apenas com indicação médica; e
  • Evitar o consumo excessivo de sal e carnes vermelhas.

Desse modo, os cuidados com a saúde dos rins devem ser seguidos por todos, mas existem grupos que precisam ficar ainda mais atentos, pois o risco de desenvolver uma doença renal crônica é maior.

Entre os fatores que merecem mais atenção, estão:

  • Ser hipertenso;
  • Ser diabético;
  • Ter problemas cardiovasculares;
  • Ser fumante;
  • Ter obesidade;
  • Fazer uso de medicação nefrotóxica; e
  • Ter histórico familiar de doença renal ou cardiovascular.

Você conhece a Creatinina?

O rim é um órgão excretor que elimina a creatinina produzida pelos músculos, que por sua vez serve para a contração muscular.

Embora o exame de creatinina seja indicado como uma rotina, ele é especialmente solicitado quando o paciente relata muito cansaço, perda de apetite, inchaço com retenção de líquido e mudanças na frequência urinária.

Sendo assim, em caso de alteração, o médico pode pedir exames complementares, indicar o uso de alguma medicação e seguir acompanhando do quadro.

A concentração de creatinina costuma variar de acordo com a quantidade de massa muscular, oscilando entre homens e mulheres, adultos e crianças.

Quando os níveis de creatinina estão alterados, o ideal é procurar a orientação de um nefrologista, que é o especialista capacitado em saúde dos rins.

Fontes: Sociedade Brasileira de Nefrologia; Dia Mundial do Rim; Veja Saúde; e Tua Saúde.

Conheça nossas Redes Sociais:

Instagram Facebook LinkedIn

Conheça outros textos do nosso blog, clique aqui.