fbpx
Cansaço de fim de ano: todos têm em maior ou menor grau

Minha energia está no fim”, “Estou muito cansado, preciso parar um pouco”, “Não vejo a hora desse ano acabar”…

Frases como essas são comuns no último bimestre de todos os anos, como se o dia 31 de dezembro, que nada mais é do que o sistema oficial de divisão de tempo criado pelo homem, fosse um remédio milagroso de transformação das nossas atitudes e sentimentos no segundo seguinte ao início da contagem dos próximos 365 dias.

Muitas tarefas

Essa estafa é comum à maioria das pessoas, isto porque o cérebro humano está programado para esse tipo de reação, levando em conta que temos conhecimento de que grande parte das coisas ao nosso redor, sejam elas materiais ou não, tem começo, meio e fim.

O estresse do trabalho, das oportunidades perdidas, do trânsito, das contas para pagar durante o ano, entre outros, é comum a maioria de nós e irá se repetir ano após ano, num ciclo interminável enquanto vivermos.

Em maior, ou menor grau, o cansaço e o estresse mental e corporal atinge a todos, depende apenas de como as pessoas encaram os desafios. Insônia, dor e tensão muscular, irritabilidade além do normal, podem ser alguns dos indicativos de que a mente, o corpo, ou ambos, estão a caminho do grau mais alto de estresse. Mas é possível ter mais qualidade de vida e bem-estar nessa época do ano, com algumas dicas práticas:

Saiba o que fazer

  • Mexa o corpo – a prática regular de exercícios físicos pode ser uma válvula de escape saudável para aliviar o estresse de fim de ano, além do que mexer o corpo faz o organismo liberar endorfinas, responsável pela sensação de bem-estar.
  • Alimente-se bem – fazer refeições nutritivas e balanceadas faz com que tenhamos energia para o bom desempenho de tarefas ao longo do dia.
  • Sono de qualidade – dormir bem é fundamental para o descanso do corpo e da mente, por isso não leve o celular para cama, reduza as luzes uma hora antes de dormir e assegure que a temperatura do ambiente seja agradável.
  •  Mantenha a positividade – bom humor e resiliência ajudam a manter o estresse sob controle. Tente enxergar o lado bom das situações e viva de forma leve.FONTE: MINHA VIDA