Viva mais e melhor: como chegar aos 60 anos com saúde e qualidade de vida

Viva mais e melhor: como chegar aos 60 anos com saúde e qualidade de vida

A expectativa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) é que em 2060, 32% da população brasileira seja formada por maiores de 60 anos.

Assim, será a primeira vez na história que haverá mais idosos do que crianças e isso se deve, principalmente, ao crescimento da expectativa de vida.

Viver mais é algo almejado pela grande maioria da população, mas não basta ampliar a quantidade de anos é preciso ter qualidade.

E como ser um idoso saudável, disposto e pronto para aproveitar essa etapa da vida?

A verdade é que, quanto antes se inicia os bons hábitos, maior a chance de se ultrapassar os 60 anos com vigor, e partir em busca dos 80 ou 90 anos.

Se você ainda está longe da fase de idoso, ou já chegou nela e quer se manter bem, fique atento para as dicas que separamos.

 

Pratique atividade física

Pode ser uma caminhada diária, de 40 minutos, ou qualquer outra atividade que você prefira, o importante é manter uma rotina que coloque o corpo para trabalhar.

Também é importante fortalecer os músculos e desenvolver o equilíbrio, evitando quedas, que são muito problemáticas para quem já passou dos 60 anos.

 

Mantenha uma dieta equilibrada

Beba água, ao menos dois litros por dia, ela é fundamental para o bom funcionamento do organismo.

Diminua a ingestão de sal, prefira temperar os alimentos com ervas e fique longe de alimentos industrializados e congelados, que têm grande quantidade de sódio.

Evite tudo que é frito. Sempre opte por alimentos crus, assados, cozidos e grelhados.

Proteínas animais também estão liberadas. Três porções diárias de leite desnatado e derivados; e uma porção de carne vermelha magra, aves, peixe ou ovos está liberada para a maioria das pessoas.

Pode comer arroz e feijão diariamente, apenas não exagere na quantidade. Grão-de-bico, ervilha e lentilha também são boas opções para substituir o convencional.

Legumes, verduras e frutas precisam estar no cardápio. Três porções diárias de cada é o indicado. Eles são ricos em vitaminas, minerais e fibras, essenciais para a saúde.

Prefira as opções integrais e, sempre que possível, as que sejam mais natural e menos manipuladas.

 

Cigarro e álcool devem ser deixados de lado

Não existe limite seguro para o consumo do tabaco e bebidas alcoólicas pedem consumo com moderação.

 

Mantenha a Mente Ativa

Manter a mente ativa é essencial para afastar as doenças neurodegenerativas, entre elas estão duas que causam bastante prejuízo para a qualidade de vida: Alzheimer e Parkinson.

Ler, fazer palavras cruzadas, investir em novas habilidades ou cursos, são boas formas de exercitar o cérebro e mantê-lo ativo.

Fontes: Folha de São Paulo (link – Cotidiano); IG (link – Saúde); Viva Bem (link – Longevidade).