fbpx
OUTONO: ESTAÇÃO EXIGE CUIDADOS COM A SAÚDE

OUTONO: ESTAÇÃO EXIGE CUIDADOS COM A SAÚDE

 

O verão está chegando ao fim e, com ele, o clima que dá um pouco mais de tranquilidade ao nosso organismo. No fim de março, a mudança de estação começa a alterar a umidade do ar, deixando o tempo mais seco, e como também é típico dessa época, apresenta algumas mudanças bruscas de temperatura. Até o fim de setembro, quando termina o inverno, o sobe e desce dos termômetros e a falta de chuvas são fenômenos climáticos ideais para que o nosso organismo se fragilize e seja atacado por vírus e bactérias causadoras de doenças respiratórias.

Resfriados, gripes, crises de asma, bronquite, sinusite e pneumonia são as doenças mais comuns e, tanto crianças quanto idosos, são os mais suscetíveis à contaminação e desenvolvimento de sintomas que podem evoluir para um quadro respiratório grave. No caso da bactéria que provoca pneumonia, ela ataca quando encontra nosso sistema imunológico frágil por conta de outra doença, como gripe. Por isso, mesmo os mais brandos sintomas gripais precisam ser tratados.

Pessoas com doenças crônicas, como enfisema, asma, bronquite, insuficiência coronariana, entre outras, devem enfrentar os dias mais secos e frios com o máximo de cuidado e, para isso, vale agendar uma nova visita ao médico para manter a saúde em dia.

Independentemente do estado atual de saúde, o organismo se comporta e se defende também conforme as variações de temperatura e umidade e partículas de poluição que ficam suspensas no ar e respiramos. Por isso tente, ao máximo, se manter em ambientes com a mesma temperatura, além de vestir roupas adequadas nos dias mais frios e, agora que já estamos habituados, manter o uso da máscara principalmente em ambientes externos. Todas essas medidas podem diminuir os riscos de uma contaminação, assim como:

– Lavar as mãos com frequência;

– Usar álcool gel, quando não tiver acesso à água e sabão para higiene das mãos;

– Manter as vacinas em dia;

– Não esquecer de tomar água, mesmo nos dias mais frios;

– Procurar deixar o ambiente arejado para circulação do ar e evitar proliferação de vírus e bactérias;

– Praticar exercícios físicos regularmente.

Fonte: UOL Viva Bem